top of page

IoV - Internet of Vehicles (Internet dos Veículos)

Atualizado: 23 de set. de 2022


Você já ouviu falar no termo IoV? Significa 'Internet of Vehicles' e refere-se a chamada Internet das Coisas aplicada na área automobilística, trazendo a tecnologia da conexão de dados e sistemas inteligentes aplicados em nossos tão amados veículos.





Existem muitas maneiras pelas quais veículos, como carros, podem ser conectados à Internet. Pode ser por meio de câmeras automotivas inteligentes, sistemas de informações e entretenimento ou até mesmo através do gateway (sistema ou equipamento encarregado de estabelecer a comunicação entre duas redes) conectado do veículo.


Estes sistemas inteligentes coletam dados do acelerador, dos freios, do velocímetro, do hodômetro, das rodas e do tanque de combustível, para monitorar a performance do condutor e a integridade do veículo.


A análise de dados e a robótica orientadas por sensores aumentam a eficiência na manutenção e na fabricação de automóveis. Por exemplo, sensores industriais são usados para fornecer imagens 3D em tempo real de componentes internos do veículo. O diagnóstico e a solução de problemas podem ser feitos com muito mais rapidez, enquanto o sistema de IoT solicita peças de reposição automaticamente.


Os carros conectados podem trazer uma série de benefícios:


⦁ Monitorar frotas de carros e caminhões para aumentar a eficiência do combustível e reduzir custos;

⦁ Ajudar os pais a monitorar o comportamento de condução de seus filhos;

⦁ Notificar amigos e familiares automaticamente em caso de acidente do veículo;

⦁ Prever e prevenir as necessidades de manutenção do veículo;

⦁ Dentre outros.


Mas e como isso funcionaria na prática? Vejamos então um cenário hipotético:


IoT no transporte


Após ter sido acordado por seu alarme inteligente, agora você está dirigindo para o trabalho. Quando acende a luz do motor. Você prefere não ir direto para a mecânica, mas e se for algo urgente? Em um carro conectado, o sensor que acionou a luz do motor de verificação se comunicaria com os outros sensores do carro. Um componente chamado barramento de diagnóstico coleta dados desses sensores e os passa para o gateway do carro, que envia as informações mais relevantes para a plataforma do fabricante. O fabricante pode usar os dados do carro para lhe oferecer a solução ideal para consertar a peça, enviar-lhe instruções de onde está o revendedor mais próximo e certificar-se de que a peça de reposição correta seja encomendada e esteja pronta para você quando você aparecer lá.


Quer saber mais sobre Internet das Coisas e suas aplicações? Acesse já o nosso site:



Se inscreva também no nosso Blog e fique por dentro dos conteúdos que estão por vir!


Comments


bottom of page