top of page

Conheça os 4 Tipos de Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial (IA) é a simulação de processos comuns a inteligência humana por meio de máquinas, especialmente por sistemas computadorizados.


Segundo Arend Hintze, professor na Michigan State University, podemos classificar a IA em quatro tipos, começando com os sistemas inteligentes específicos de tarefas em amplo uso hoje em dia e avançando para sistemas sencientes, que ainda não existem.


As categorias são as seguintes:


Máquinas reativas


Estes sistemas de IA não têm memória e são específicos para executar tarefas. Um exemplo é o Deep Blue, o programa de xadrez da IBM que venceu Garry Kasparov nos anos 90. O Deep Blue pode identificar peças no tabuleiro de xadrez e fazer previsões, mas como não tem memória, não pode usar experiências passadas para realizar previsões futuras.

Deep Blue, o programa de xadrez da IBM que venceu Garry Kasparov nos anos 90.
Deep Blue, o programa de xadrez da IBM que venceu Garry Kasparov nos anos 90.

Memória limitada


Estes sistemas de IA têm memória, portanto podem usar as experiências passadas para realizar decisões futuras. Algumas das funções de tomada de decisão em carros auto dirigidos são projetadas com essa tecnologia.

Algumas das funções de tomada de decisão em carros auto dirigidos são projetadas com IA de memória limitada.
Algumas das funções de tomada de decisão em carros auto dirigidos são projetadas com IA de memória limitada.

Teoria da mente


Trata-se de um termo psicológico, e quando aplicada à IA, significa que o sistema teria a inteligência social para compreender emoções. Este tipo de IA será capaz de inferir intenções humanas e prever comportamentos, uma habilidade necessária para que os sistemas de IA se tornem membros integrais de equipes humanas.

A Teoria da mente refere-se a um sistema de IA com inteligência social, capaz de compreender emoções.
A Teoria da mente refere-se a um sistema de IA com inteligência social, capaz de compreender emoções.

Autoconsciência


Nesta categoria, os sistemas de IA têm um senso de si mesmo, o que lhes dá consciência. As máquinas com autoconsciência entendem seu próprio estado atual. Este tipo de IA ainda não existe, mas foi muito retratada em diversos filmes, como por exemplo: Eu, Robô (2004); Her (2013); Wall-e (2008) e até mesmo em Star Wars (1977), onde a querida dupla C3-PO e R2D2 é formada por droides inteligentes que têm personalidades e são capazes de sentir emoções, dentre outros.

Inteligência Artificial com um senso de consciência próprio: uma tecnologia do futuro.
Inteligência Artificial com um senso de consciência próprio: uma tecnologia do futuro.

Quer saber mais sobre IA e suas aplicações? Acesse já o nosso site!



Fonte:


Comentários


bottom of page