top of page

Jigas de Teste: O que são, tipos e aplicações

Atualizado: 3 de abr. de 2023



As jigas de teste são equipamentos que garantem o funcionamento dos itens testados, tornando o processo de produção mais eficiente e com um padrão de qualidade definido.


São necessárias para garantir a reprodução das condições padrão, permitindo a obtenção de resultados constantes e confiáveis.


As jigas de teste são indispensáveis nas indústrias e nas empresas que querem garantir qualidade e padrão nos produtos durante o processo produtivo.


Jigas de Teste Mecânicas


O conceito de jigas de teste é muito amplo e difundido, é muito comum, por exemplo, na ciência da computação e desenvolvimento de software, onde descreve um tipo particular de software e/ou um conjunto de procedimentos projetados para testar um sistema de computador com condições específicas.


Porém, as jigas de teste podem ser utilizadas nas mais diversas áreas. Quanto aos testes em produtos e materiais, a jiga de teste se trata de um equipamento concreto que segura fisicamente o item a ser testado na área de teste.


Também entre as jigas mecânicas de teste, há diferenças consideráveis, existem nos mais variados tipos e formatos, dependendo da forma e da finalidade do item em si e de suas particularidades.


Jigas de Teste Mecânicas, de dobra e térmicas


Grande parte das jigas de teste é composta por dispositivos mecânicos de teste e dispositivos de dobra. Estes são também componentes essenciais para as máquinas de teste universais.


São, mais especificamente, dispositivos de fixação que mantêm os itens no lugar durante os testes, e entre estes podemos mencionar os dispositivos de dobra de 3 e 4 pontos por exemplo, alguns dos quais são projetados para suportar temperaturas muito altas e são utilizados para alguns testes térmicos.


Outro ponto comum entre os dispositivos de teste e os testes térmicos diz respeito à parte eletrônica, e especificamente, aos testes burn-in.


Jigas de Teste: Testes Burn-In


O teste de burn-in é uma fase de teste de uma placa eletrônica. É um teste que "curto-circuita" todos os componentes da placa através de estresse térmico. A temperatura de teste deve ser cuidadosamente controlada, para não ficar muito alta e queimar os chips, mas alta o suficiente para simular condições particulares.


Para realizar este tipo de teste da melhor maneira possível, a placa eletrônica deve ser colocada em fixações específicas, ou seja, em jigas de teste, capazes de suportar altas temperaturas e que seguram a placa da maneira correta na área de teste.


Saiba mais sobre Jigas de Teste e suas aplicações em:



Fonte:

https://www.dellamarca.it/en/what-are-testing-fixtures/


Comments


bottom of page