top of page

Placas Eletrônicas SMT e THT: Entenda a Diferença

Atualizado: 10 de abr. de 2023

As placas eletrônicas são um componente essencial da maioria dos dispositivos eletrônicos modernos. Elas são usadas para conectar e controlar vários componentes eletrônicos, tais como transistores, resistências, capacitores, e muito mais.


Existem dois tipos primários de montagem de placas eletrônicas: Surface Mount Technology (SMT), ou tecnologia de montagem em superfície; e Through-Hole Technology (THT), ou tecnologia de furos passantes. Embora ambas sirvam ao mesmo propósito, elas têm diferenças significativas em seu projeto, construção e aplicação.


Placas Eletrônicas SMT e THT: Entenda a diferença.
Placas Eletrônicas SMT e THT: Entenda a diferença.

Placas de Tecnologia de Montagem em Superfície (SMT)


As placas SMT são placas eletrônicas modernas que têm se tornado cada vez mais populares nos últimos anos. Elas utilizam um processo de montagem de superfície para fixar componentes eletrônicos (SMD) diretamente na superfície da placa. Os componentes SMD são muito menores e mais leves do que os utilizados nas placas THT, o que permite maior flexibilidade de projeto, maior densidade de componentes e tamanho reduzido da placa. Os componentes SMD são tipicamente retangulares ou quadrados e possuem condutores planos que são soldados diretamente à superfície da placa.


As placas SMT têm várias vantagens sobre as placas THT. Em primeiro lugar, podem ser produzidas utilizando equipamentos de montagem automatizada, o que reduz os custos de fabricação e aumenta a velocidade de produção. Em segundo lugar, as placas SMT têm melhor desempenho elétrico devido a caminhos de sinal mais curtos e menor capacitância parasitária. Finalmente, as placas SMT têm um nível mais alto de confiabilidade, pois são menos propensas a choques térmicos.


Placa de Tecnologia de Montagem em Superfície (SMT)
Placa de Tecnologia de Montagem em Superfície (SMT)

Placas de Tecnologia Through-Hole (THT)


As placas THT são o tipo tradicional de placa eletrônica que usa um furo para passar os terminais através da placa e depois é soldada no outro lado. Esta tecnologia está em uso há várias décadas, e ainda é amplamente utilizada em algumas aplicações. Os componentes THT são maiores e mais pesados que os componentes SMD, e possuem terminais que passam através dos furos da placa e são soldados do outro lado.


As placas THT têm várias vantagens sobre as placas SMT. Em primeiro lugar, têm melhor resistência mecânica, o que as torna mais resistentes a choques e vibrações. Em segundo lugar, as placas THT são mais fáceis de reparar e modificar, pois os componentes podem ser removidos e substituídos facilmente. Finalmente, as placas THT são frequentemente usadas para aplicações de alta corrente ou alta potência porque podem lidar com correntes e níveis de potência maiores do que os componentes SMD.


Placa de Tecnologia Through-Hole (THT)
Placa de Tecnologia Through-Hole (THT)

Conclusão


Resumindo, as placas SMT e THT são dois tipos de placas eletrônicas que servem o mesmo propósito, mas têm diferenças significativas em seu processo de construção e aplicação. As placas SMT são placas eletrônicas modernas que usam um processo de montagem na superfície para fixar componentes eletrônicos diretamente na superfície da placa, enquanto as placas THT usam um furo para passar os terminais através da placa e depois são soldadas no outro lado.


Enquanto as placas SMT são mais adequadas para dispositivos eletrônicos pequenos e de alta densidade, as placas THT são frequentemente usadas para aplicações de alta corrente ou alta potência, onde a resistência mecânica é crítica. Entender a diferença entre os processos SMT e THT é essencial para escolher o melhor processo de montagem de acordo com a sua aplicação específica.


Quer saber mais sobre Placas Eletrônicas e suas aplicações? Acesse já o nosso site:



Nós temos a solução ideal para o seu negócio! Contate-nos:


(41) 99923-6207 | (41) 3538-2225


Kommentare


bottom of page